Navegação de Posts

Brasil proíbe droga sintética letal similar à cocaína

 

Agência Nacional de Vigilância Sanitária  proíbe a droga Mefedrona,que passa para a lista de substância com venda  considerada crime no Brasil. A medida entra em vigor a partir da publicação no Diário Oficial da União , o que deve acontecer nos próximos dias. “Assim que a Resolução da Diretoria Colegiada da Anvisa estiver publicada, a comercialização da Mefedrona passará a ser crime, com o mesmo tratamento dispensado às outras drogas ilícitas”,informa o site da Anvisa.
 Mefedrona é definida como droga sintética letal pelo  Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime ( UNODC)  “É uma nova droga sintética usada como alternativa à cocaína e à anfetamina e  consumo da droga está aumentando na Europa, América do Norte e Austrália”, alerta o UNODC.
”Conhecida também como “miau-miau” ou “M-cat”, a droga não está sob controle internacional e o Unodc acredita que a extensão do uso ainda não está clara.”

Efeitos:
O gerente do programa de drogas sintéticas do Unodc, Beate Hammond, alerta:”Há poucas informações sobre a mefedrona.Mas já  pequenas quantidades causam sérios riscos à saúde. Há confirmações de mortes após o consumo do “miau-miau”.”

Geralmente vendida na forma de pó branco, os efeitos da mefedrona incluem aumento da euforia, estado de alerta e agitação. “A droga é vendida de forma frequente pela internet como fertilizante de plantas.”

Segundo o relatório da UNODC, “a  mefedrona é produzida para criar efeitos similares aos da cocaína. Mas por conta da diferença nos químicos, não há ainda nenhuma restrição legislativa em relação à produção e distribuição.Por ser nova no mercado, há pouca pesquisa sobre todos os efeitos e capacidade tóxica. Na Europa, a substância está sendo investigada pelo Centro de Monitoramento de Drogas.”

Publicidade
Publicidade
Publicidade