Navegação de Posts

Hospital está com 104 vagas para tratar usuário de drogas, pelo SUS

Secretaria da Saúde de São Bernardo do Campo planeja substituir internações em hospital especializado de usuários de drogas por tratamento no Caps, que só interna em casos extremos e por poucos dias. Em entrevista à Jovem Pan, o secretário Ademar Chioro afirmou que “o Hospital Lacan está sendo substituído pela rede de Caps, em São Bernardo do Campo e nos demais municípios do ABC.” O Lacan está com 104 vagas disponíveis para internações pagas pelo Ministério da Saúde.

A necessidade de internação do usuário de droga foi defendida este mês pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, que anunciou, na Jovem Pan, que em 2012 o Brasil deverá ter 14 mil leitos para dependentes quimicos.E até internação involuntária. A presidente Dilma também tem mostrado preocupação com a formação de especialistas para tratar usuários de drogas.

E são exatamente especialistas no tratamento de dependencia quimica e em doenças mentais que formam a equipe médica do Lacan, hospital referência do Ministério da Saúde e da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo.

Como a internação no Lacan só pode ser feita se houver encaminhamento pelo Caps, o Lacan nao tem sido indicado no ABC. E está com 104 vagas para tratar usuários de drogas, com internações pagas pelo Ministério da Saúde.Esta semana, terá mais 29 vagas, aumentando o número de vagas disponíveis para 133.

“O Hospital Lacan é referência, é necessário”, defende o Coordenador de Políticas Sobre Drogas do Estado de São Paulo, dr Luis Alberto Chaves de Oliveira.

Ouça a reportagem apresentada hoje no programa Jovem Pan, Mundo da Bola:

Publicidade
Publicidade
Publicidade