Navegação de Posts

A prisão dos mensaleiros

O julgamento do mensalão será concluído na semana que vem. Em seguida as dúvidas serão decididas no plenário. Primeiro os casos de empate. São 6 até agora. O mais novo é o do deputado Valdemar Costa Neto na formação de quadrilha que ficou em 5 a 5. Depois os ministros vão decidir sobre as repetições. José Dirceu, tem na condenação de corrupção ativa 9 citações. Uma para cada deputado comprado. É preciso saber se é responsabilidade objetiva ou crime continuado. Se for objetiva, as penas serão simplesmente multiplicadas por 9. Um massacre. Se for continuado, são agravantes. Depois, os ministros vão discutir a perda dos mandatos dos deputados do mensalão. São três detentores de mandatos eletivos: Valdemar Costa Neto, do PR de São Paulo, Pedro Henry, do PP do Mato Grosso e João Paulo, do PT de São Paulo. Por último a dosimetria. Os ministros vão decidir a quantos anos cada condenado será apenado.  Depois de tudo isto o acórdão começa a ser elaborado para a publicação. A expectativa é de publicação em fevereiro. Os advogados já preparam os embargos. Segundo o ministro Celso de Mello, a Corte já decidiu que execução penal só depois de transitado em julgado. Trocando em miúdos, no popular, prisão mesmo só para o meio do ano que vem.

Publicidade
Publicidade
Publicidade