Notícias

Nanotecnologia pode revolucionar setor de alimentos; entenda

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on LinkedIn

Pesquisadores de todo o mundo afirmam que o futuro dos alimentos está na nanotecnologia.
Com o avanço da ciência, as restrições alimentares perderão cada vez mais importância.
Os produtos customizados, ou modificados, conseguem fazer com que os nutrientes cheguem de forma mais rápida e eficaz no organismo.
E a utilidade desta tecnologia é ainda mais importante para o futuro de nações subdesenvolvidas, com alto índice de doenças provocadas pela má qualidade da água e dos alimentos.

Para o futuro, não faltam bons exemplos da nanotecnologia. Segundo Rui Machado, chefe-geral da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), existem vários caminhos nesse sentido “O consumo de carne pode ser tratado tanto por ferramentas de biotecnologia e nanotecnologia no sentido de termos produtos customizados para a necessidade de cada nicho”, diz. “Nós podemos ter, por exemplo, carne com maior teor de ferro para atender as anemias e leite com menor teor de alergénios.”

O órgão, que realiza estudos deste tipo desde 2006, afirma já ter resultados em desenvolvimento da nanotecnologia em alimentos.
É claro que quando você cuida da comida que vai para a casa das pessoas, todo cuidado é pouco. Por isso que os cientistas realizam centenas de pesquisas antes de lançar qualquer produto.

Confira o boletim completo aqui.