Navegação de Posts

Tudo sobre: Fimose

A fimose é caracterizada pela incapacidade ou dificuldade na exposição da glande, ou cabeça do pênis, em decorrência de anel prepucial estreito. O prepúcio, vale lembrar, constitui-se em dobra de pele que recobre a glande.

Ao nascer, a maioria das crianças apresenta um orifício estreito e aderência do prepúcio à glande, porém, em geral, este anel é elástico e naturalmente se dilata, possibilitando a exposição da glande.

Aquele antigo conceito de se realizar ‘exercícios’ para forçar a abertura de espaço para a glande é errado. Repito, o anel prepucial é elástico e naturalmente durante as ereções  o próprio manuseio pela criança promovem a sua dilatação e consequente exposição da cabeça do pênis.

Ao redor dos 2 a 3 anos a criança é orientada a limpar, como parte do banho, a parte interna do pênis. Naturalmente, a partir daí a aderência entre a pele que cobre a glande se desfaz, e o anel prepucial permite a exposição da glande.

A indicação de cirurgia pra o tratamento da fimose, a circuncisão, fica restrita aos casos em que há impossibilidade de se expor e limpar a glande de forma adequada, ou quando o prepúcio retraído faz um anel de constrição na haste peniana.

Outra lembrança importante: a indicação de cirurgia feita ao nascimento fica restrita apenas aos motivos religiosos.

Na grande maioria dos casos, com o crescimento o prepúcio que pode parecer excessivo na infância acaba por cobrir a glande, sendo facilmente retraído e permitindo a limpeza sem maiores problemas.

A limpeza diária, durante o banho é de fundamental, afinal em muitos dos casos de câncer de pênis a falta de higiene é fator importante no aparecimento da doença.

Publicidade
Publicidade
Publicidade