A campanha saiu do ar nas páginas oficiais da marca, mas quando postada no Facebook a peça de 3 segundos retratava uma mulher negra com uma camiseta da cor da sua pele, que quando tirava a camiseta, se transformava em uma mulher branca. A proposta da marca era mostrar os benefícios do sabonete liquido da marca para todos os tipos de pele, mas para muitos, inclusive a maquiadora negra, Nay the mua, soou racista, como se a mulher negra usasse o sabonete e ficasse, limpa e branca. Nay fez um post no Facebook com suas observações, e recebeu mais de 4.100 reações sendo compartilhada 10.800 desde a última sexta-feira.

A hastag #BoycottDove ficou entre os assuntos mais comentados do mundo e o acontecido teve reflexo até na Bolsa de Valores de Londres,onde o preço da ação da Unilever chegou a ter ligeira queda. Além de retirar o vídeo do ar, a empresa se desculpou publicamente

“Lamentamos profundamente a ofensa que o anúncio causou”

Quem também falou em defesa da peça publicitária foi a modelo negra retratada. Ela escreveu a respeito do acontecido em uma carta publicada no The Guardian. Lola Ogunyemi diz que ficou feliz em ser escolhida como uma das mulheres que seriam o rosto do produto, e que durante todo o processo de filmagem, o conceito do sabonete líquido ser para todos os tipos de pele ali representadas por muitas outras meninas foi compreendido como positivo. Ela acredita que a peça específica, de 3 segundos, que foi publicada e que gerou a mobilização deixou a ideia fora de contexto e sujeita a interpretação de que seria racista.

“Eu concordo com a resposta de Dove, se desculpando por qualquer ofensa causada, mas eles também poderiam ter defendido sua visão criativa, e sua escolha para me incluir, uma mulher negra, como um rosto para sua campanha. Eu não sou apenas uma vítima silenciosa de uma campanha de beleza equivocada. Sou forte, sou linda e não vou ser apagada.”

Esta não é a primeira vez que a marca é acusada de racismo… Em 2011, uma campanha que mostrava três mulheres de diferentes cores de pele também causou polêmica… Ali, a interpretação foi de que o anúncio sugeria que após usar um produto Dove a pele de uma mulher negra se tornava mais clara. Em 2015, um produto da marca dizia que o produto era indicado para “peles normais e negras”.

 

Os Gallagher estão de volta, mesmo que separados. Direto do Sofá: As séries documentais sobre crimes da Netflix

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *