Navegação de Posts

E se eu ganhar 100 milhões de reais ?

Nunca joguei nada na vida, quer dizer, dos chamados jogos de azar. Será isso mesmo ? Como não tenho certeza de absolutamente nada, fico na primeira frase mesmo: nunca joguei nada na vida. Melhor dizendo: sempre joguei com a vida. Eu me refiro ao super-prêmio (será que tem hífen ?) da Mega-Sena (será que tem ?) fadade mais de 100 milhões de reais. Acho que vou fazer uma fezinha nisso. Vou pedir para o minha cachorra ir até uma lotérica enfrentar as filas para fazer um joguinho para mim. Ela mesma escolherá os números. Qualquer número serve, direi à minha cachorra Bebel. O problema é o seguinte: e se eu ganhar, o que vou fazer da minha vida com tanto dinheiro? Será que eu continuarei a ver o pôr-do-sol em São Vicente ? Fico sentado ali na pequena praia, ao pé do prédio onde às vezes me escondo do mundo e da vida, e o sol vai descendo, descendo, descendo, cada ver maior, cada vez mais amarelo, cada vez mais amarelo-vermelho e desaparece atrás da Ponte Pênsil, bem distante de onde fico sentado vendo a baia de São Vicente de um lado e o mar, a pouco mais de 100 metros. O sol se põe vagarosamente e eu permaneço ali sentado na pequena praia até que a noite se faça por inteiro. Será que vou continuar fazendo isso ? Se eu ganhar os 100 milhões de reais, será que continuarei a ir para Lambari, no Sul de Minas, onde me sinto um pouco feliz ? Lambari tem umas quatro ou cinco ruas. Tem um cassino fechado que o tempo vai acabar derrubando, já que ninguém cuida direito. Todas as torneiras de ouro foram roubadas. Todos os quadros foram roubados. Mas o cassino ainda está lá, diante de um belo lago. Quando vou para lá dou a volta ao lago, caminhando devagar, como muitas outras pessoas, especialmente à noite. São uns 10 quilômetros. Será que vou continuar indo para Lambari ? Se eu ganhar os 100 milhões de reais, será que eu vou continuar tomando meu café com leite perto das 22 horas no balcão do bar da Paulista, fazendo juras de amor à moça que me serve ? Será que, antes de subir para o trabalho na Jovem Pan, à tarde, continuarei a tomar minha vitamina feita em outro Café, por outra moça, a quem também faço perdidas juras de amor ? Para a moça que me faz a vitamina com frutas e leite, eu digo que quero fugir com ela para a Finlândia, mas ainda não descobri porque Finlândia. Ela está quase aceitando fugir comigo. Se eu ganhar os 100 milhões de reais, será que continuarei a andar pela Paulista quase todos os dias, perto da meia-noite, falando sozinho e fazendo de conta que não me ouço ? Será que vou continuar acreditando em fadas e duendes ? Há uma fada com quem falo todas as noites, especialmente sobre a poesia que não existe mais. Essa fada habita as águas de um rio que tenho dentro de mim e me fala sempre de um mundo que deve existir em algum lugar. Essa fada me faz adormecer e me conta histórias de seres que habitam as sementes e a alma dos animais. Será que eu vou continuar escrevendo poemas para publicar em Portugal ? Será que irei para Coimbra derramar meu amor absoluto nas águas do rio Mondego ? Será que, no meio da madrugada, irei ouvir as baladas de Coimbra com os amigos que lá tenho ? Será que chorarei com saudades de mim? Será que ainda escreverei cartas para ninguém ? Diante de tudo isso e muito mais coisas que deixo de dizer, chamo minha cachorra que destruiu completamente uma das poltronas da minha biblioteca e lhe digo:

-É melhor você não ir!

Publicidade
Publicidade
Publicidade
  • Silmara L.

    Poeta, adorei o texto, criativo, engraçado, uma beleza.
    Tomara que você mantenha esse astral para o ano que se inicia.
    Maravilha, poeta!

  • Beatriz

    Poeta, eu quero ser sua fala nas noites de 2010, para te fazer adormecer.

  • Lourival

    É isso aí, poeta!

  • Benerice

    Que texto delicioso, poeta, que texto delicioso.
    Você se deixou levar, acho que você está bem com sua alma.
    Deixou que as palavras escorressem de você para fazer essa fotografia tão bonita de um sonho.
    Acredito piamente que mesmo com 100 milhões de reais você nunca deixaria de ser o que é, nunca.
    Ser assim, faz parte da sua vida, da sua trajetória de vida, da sua existência.
    É isso que vale.

  • Zuleika dos Reis

    Ai, Poeta, é dinheiro demais, demais. Melhor e mais seguro não desistir, entre as outras coisas todas, da tua fada que, com certeza, não resistiria à tua deserção. Quanto a mim troco ( sem jogar) todo este dinheiro pela possibilidade ainda de um por-do-sol diante do mar, de uma volta diante do lago em Lambari ( onde permaneci, em 1999, 8 dias a sós comigo, quando ainda me conseguia sentir, por vezes, bem-vinda a mim), um interminável passeio pelos meandros de Águas de Lindóia… as perambulações pelas praias de Ubatuba, cidade onde nasceu minha avó, mãe de minha mãe… Agora, melancolias à parte, saboroso mesmo este teu texto, Poeta, como os que o leram já disseram. Com uma leveza… com a doçura do mar em momentos de calmaria ( nem só de tempestades vive o mar).

  • Nara P.

    Uma história linda, poeta, esse texto que se deixa levar num sonho, dizendo
    sempre a sua mensagem poética e também com muita graça.

  • Maria de Lourdes

    Adorável, poeta, quanto você conta sua histórias com essa linguagem
    que vai da ironia, da irreverência até a graça.
    Adorei.
    Mas 100 milhões de reais não fariam mal a ninguém.
    Isso não impediria você de ver o seu por-do-sol, de jeito nenhum, porque
    vale o que a gente tem dentro da gente, isso é que vale.

  • ISABEL CINTRA NEPOMUCENO

    POETA querido
    Quando eu tinha 17 anos você respondeu-me uma carta dizendo que passaria pela minha cidade para fugirmos juntos para a Bulgária.
    E você não foi…

  • João Carlos

    Poeta, me diverti muito lendo seu blog hoje, pelo inusitado, pelos assuntos
    todos juntos, pela história que conta, adorei tudo isto, você é um poeta que
    faz sentir, mas também sabe ser engraçado, embora nisso tudo se esconda
    uma grande ironia.
    Parabéns poeta!

  • ROSA CARDOSO

    BÔA NOITE, POETA.
    BÔA NOITE, AMIGOS.

    Se você ganhar 100 milhões de reais?

    Vitmina de frutas com leite, café com leite?

    Na LAPÔNIA POETA, escondido nas barbas do PAPAI NOEL e passeando com a BEBEL de renas para

    todo sempre, aqui no BRASIL você não irá sobreviver. srsrrrsrsrsrsrsrsrsrrsrsrrs

    UM ABRAÇO POETA.

    UM ABRAÇO AMIGOS

    ROSA CARDOSO.

  • AUGUSTO ROQUE

    Caro amigo Poeta.sei que se conselho fosse bom,não se daria de graça.
    mas como gosto muito de voce,vou alertá-lo para alguns detalhes.
    não jogue! vai que voce ganha! terá muitos aborrecimentos.primeiro
    com os flanelinhas,os trombadinhas, o imposto de renda,inss,iss,iptu,
    ipva, ip não sei mais o que, e um monte de outras taxas que certamente
    irão incidir sobre essa grana. segundo irão começar a aparecer filhos
    aos montes,com as mães pedindo pensão.é ruim hein? tem mais,não
    podemos esquecer a parte dos nossos politicos.voce terá que bancar
    alguns em viagem ao exterior,pois quando souberem dessa grana,
    voce não terá mais sossego.tem também a parte dos outros assaltantes.
    se assaltam o erário,imagine voce! mandar algum para um paraiso fiscal,
    nem pensar!isso só pode para os amigos do rei.
    viu?é melhor não jogar.continue fazendo o que voce faz,alias muito
    bem, e contente-se com essa vidinha que todos nós,seres normais,
    levamos. procure ser diferente,como algun politico importante,assim
    não precisará ganhar na loteria.
    grande abraço.

  • AUGUSTO ROQUE

    oi pessoal!o cara que me emprestou o computador já o está levando
    de volta.como não poderei mais escrever até o início do próximo ano,
    quero desejar a todos os amigos(as)deste “nosso” espaço,um feliz
    2010 e que todos os nossos sonhos e nossos desejos se realizem.
    quero mandar um recado especial para a Rosa:que a sua mamãe se
    restabeleça totalmente e que sua familia tenha um ano de muita paz.
    a amiga Zuleika:saiba que torço muito por voce e voce está sempre em
    minhas orações.tenho certeza que no próximo ano, coisas muito boas
    irão acontecer a voce.tenha bastante fé,nada é impossivel ao CRIADOR.
    Poeta,que DEUS seja sempre generoso com voce. só por voce e este
    espaço, é que conseguimos conviver com pessoas tão especiais e amigas
    como as que temos neste blog.
    já estou com saudades!

  • Petra

    Já fui assaltado várias vezes, vejo bandidos por toda a parte, porém, domino o meu medo com pensamento positivo de que o Brasil vai dar certo, soerguendo-se das cinzas da corrupção com a ajuda de todos os brasileiros honestos, não o deixando cair na armadilha do cesarismo.

    Sei quão difícil para a cúspide do Poder Central largar o vício da corrupção, dessarte, a luta e a persistência têm que ser constante até que surja um homem de sorte “lunar”. Talvez possa ser uma pessoa do blog do Poeta. Nada de vontade de trabalhar pelo engrandecimento do país, nada e nem possível, melhor mesmo é esbanjar a dinheirama pelo mundo afora!

    Esse sortudo está porvir, talvez chegue à virada do ano 2009/2010. E que virada! Vai querer bancar no “Cassino do Lago Paranoá”, espichando-se na rede espetada nos átrios da Praça dos Três Poderes o mandato do Presidente Lula da Silva, por mais tempo que os oposicionistas imaginam. Todos altanados no Supremo Poder do País dirão amém!…

  • Zuleika dos Reis

    Querido amigo Augusto Roque: muito obrigada por suas orações e por sua “torcida”. Uma pessoa tão plena de afeto como você tem vibrações boas poderosas para chegarem ao Criador e, estar incluída em suas orações constitui privilégio que pouco mereço mas – confesso – das quais preciso muito, orações pelas quais agradeço do fundo do coração. Principalmente agradeço os votos pela minha Paz Interior. Não sei se minhas orações alcançam o mesmo mérito diante de Deus, mas, quero que saiba que também peço a Ele por certas pessoas especiais, entre as quais o incluo, Augusto Roque, assim como incluo as pessoas de sua família.

  • ROSA CARDOSO

    SR. AUGUSTO ROQUE,

    Muito obrigada, por se lembrar de minha mãe, muito obrigada por sua atenção com minha família.

    Que na generisidade e bondade de DEUS PAI, o ano de 2010 seja exatamente como o SR. deseja
    que 2010 seja para o SR. e sua FAMÌLIA de muita saúde, muita paz. muita esperança.
    Obrigada, por estarmos juntos nesse ano de 2009. Que em 2010 estejamos todos juntos novamente.

    EXCELENTE 2010 ao SR. AUGUSTO ROQUE e sua tão querida FAMÍLIA.

    UM ABRAÇO.

    ROSA CARDOSO.

  • http://gilmar.mendes10@hotmail.com gilmar oliveira

    Caro Poeta Álvaro, o seu texto de hoje é brilhante,mostra que na essência vc. é uma pessoa simples, que ganhar 100 milhões não mudariam sua pessoa , sua personalidade de poeta, seu caráter , ou seja , vc. não deixaria de ser o que é , e mais , o que importa mesmo é sua felicidade interna ou externa cultivada e vivida no dia a dia ao lado da simplicidade natural de sua vida.
    Confesso-lhe que fiz minha fezinha…e…Vou ganhar! Nem sei o que vou fazer com a bolada toda …Pensarei mais tarde … mas … em sua homenagem e em nome da poesia , prometo-lhe que abrirei uma Biblioteca aqui na Lapa com seu nome , um espaço moderno para recitais , encontros e palestras em prol cultura e conhecimento , livre de qualquer interesse econômico,político ou social.
    Afinal, 100 milhões dá prá fazer muita coisa boa…Ahhh na Biblioteca haverá um espaço para cachorros, gatos e pássaros que poderão acompanhar seus donos e amigos …Portanto, “a Bebel ” será convidada!
    Vamos torcer !!!! Abç !

  • Vilma

    Poeta desejo feliz ano novo para vc. Tenho certeza que nada mudará para vc ganhando agrana toda. com certeza Coimbra continuará se deleitando com sua poesia. O mondego continuará reflentindo em suas aguas a sua imagem impar. Felicidades Poeta. Carinho para a Bebel.

  • http://whisnerfraga.wordpress.com Whisner Fraga

    Tenho medo desses riscos – um poeta pode muito bem não jogar na Megassena (eu também não sabia como se escrevia isso com a regra nova e me parece que fica Megassena mesmo) e ainda assim ganhar o prêmio de 100 milhões. Um bom 2010.

  • Ana Maria

    Queridíssimo poeta, um ano lindo para você, um ano novo bom, de muita generosidade,
    como meu pedido: não mude nada no seu blog, continue assim, poeta, principalmente poeta,
    escrevendo o que sendo, do desencanto, da alegria, quando existir, das coisas que o cercam,
    e especialmente da poesia que tem de existir em todo lugar que possamos imaginar.

  • Maria Inês de Castro

    Poeta querido, este blog é um presente diário, mesmo quando você não escreve,
    o silêncio é poético.
    Que 2010 seja lindo, muito lindo, com toda a poesia possível de viver.
    Quero cultivar meu sonho com as palavras que você me dá.
    Muitos beijos no seu coração.

  • http://www.shopmail.com.br Joao Paulo

    Oi, bem legal o seu blog, muitas informações de qualidade e um ótimo ambiente para se informar e descontrair. Voltarei sempre e também indicarei.

    Abraço!
    http://www.shopmail.com.br

  • ROSA CARDOSO

    BÔA NOITE, POETA.
    BÔA NOITE, AMIGOS.

    Nós sabemos que virtual é só o nome dado a essa maravilhosa troca de energias que exercemos através do BLOG.
    Por detrás de cada máquina fria, bate um coração. Um amigo senta-se em frente a ela e se conecta com a emoção.
    Nos inúmeros contatos diários temos nossos amigos em sintonia com o POETA.
    O coração se enche de emoção..
    Textos que chegam e iluminam nosso espirito…
    Enchem nossa alma de alegria…
    Alguns amigos mais assíduos, nos presenteiam com seus comentários diários, outros menos, mas sempre
    quando nos encontramos aqui no BLOG a felicidade se manifesta em nossos corações.
    A sintonia perfeita que se faz presente.

    AH!!!! Quem dera agora ter o dom dos anjos, e levar até os corações de cada amigo e do POETA,
    tanta emoção e gratidão por serem MEUS AMIGOS.
    Amigos fraternos que DEUS NOS PERPETUE!

    FELIZ 2010
    POETA e QUERIDO MENTOR ESPIRITUAL

    FELIZ 2010

    MEUS AMIGOS DESSA ESPETACULAR FAMÍLA ESPIRITUAL

    ROSA CARDOSO.

  • Zuleika dos Reis

    Todo o teu coração neste comentário, querida Rosa. Todo o teu profundamente amoroso e solidário coração.
    Abraço de muito carinho da tua
    Zuka.

  • Isabel Campos

    Ah! Poeta…
    Certamente serias o mesmo, a paz interior independe de $, temos infinitas graças e bençãos , o pôr do sol, o lago, a chuva, a flor…
    Temos a lealdade dos nossos bichinhos e a grandiosa presença dos amigos , seja presença física ou como diz a querida Rosa, presença espiritual, palavras de carinho, de alento , de força….
    Que em 2010 você continue a nos deleitar com sua sabedoria , beleza e sensibilidade.
    Forte abraço da Bel a todos os amigos do Blog!
    Que tenhamos iluminado ANO NOVO!

  • ROSA CARDOSO

    Querida ZUKA,

    Obrigada

    Um beijo ZUKA.

    ROSA CARDOSO.

  • Zuleika dos Reis

    Queridos, acho que eu ainda não verbalizei pra valer : Um Ano Novo realmente NOVO para todos e para uma das pessoas deste blog. UM ANO NOVO REALMENTE NOVO PARA TI E PARA OS TEUS, NOSSO QUERIDO ÁLVARO.

  • http://gilmar.mendes10@hotmail.com gilmar oliveira

    A todos do Blog do Poeta …Um excelente 2.010 ! Obrigado por compartilhar com vocês momentos e instantes de carísima e pura reflexão através da poesia,da crônica e inspiração do Blog do Poeta Álvaro.
    Que 2.010 seja maravilhoso para todos nós !
    Abraço a todos !

  • Zuleika dos Reis

    Eis-me aqui de novo, queridos. É que aconteceram-me agorinha algumas palavras de fé, paradoxalmente nascidas do centro da minha mais funda solidão e veio-me a vontade de partilhá-las,de oferecê-las a vocês.

    MENSAGEM SOBRE A PASSAGEM PARA O NOVO ANO

    Já na fronteira dos rituais de passagem para o Ano Novo, a preparação para nos tornarmos tão antigos quanto os mais antigos, tão presentes quanto os mais presentes, tão futuros quanto os mais futuros, em momento mágico no qual estaremos, senão todos, pelo menos grande parte de nós com o coração batendo, em uníssono, no centro do coração irrepetível e sempre o mesmo chamado Esperança.
    Às 23hs e 13min de 30 de dezembro.
    Zuleika/Zuka.

  • Cida

    oi Álvaro,

    Quanto tempo não passo por aqui. Quanto tempo não ouço sua voz pelo telefone. Vejo que continua sua lida, firme e poético e isso me conforta.

    Carinho, Cida Sepulveda

  • ISABEL CINTRA NEPOMUCENO

    POETA querido
    Que este novo ano seja verdadeiramente um período de renovação em todos os sentidos; que permaneça intacta, apenas, a nossa essência, a nossa vontade de viver.
    Que possamos continuar contando com os verdadeiros amigos e não aqueles que apenas passam por nós, visando a si próprios.
    Que possamos sorrir quando nossa alma estiver em festa e que possamos chorar sem disfarces, quando sentirmos tristeza ou pena das mediocridades e ignorâncias a que muitos nos sujeitam.
    Que possamos abraçar aqueles cuja energia se afiniza com a nossa, tocando com carinho nossas emoções.
    Que possamos, enfim, dividir com aqueles que amamos e que queremos sempre ver melhor, a nossa Paz Interior.
    É o que desejo à você e a nossos queridos amigos que habitam este blog.