A curiosa história do Forest Green, menor clube a disputar a Football League

Felipe Altarugio   15/05/2017   Comentários desativados em A curiosa história do Forest Green, menor clube a disputar a Football League

Forest Green, de vilarejo inglês com 5 mil habitantes, vai disputar pela primeira vez a quarta divisão da Inglaterra (Foto: Getty)

O Forest Green Rovers FC venceu no último final de semana o Tranmere Rovers por 3 a 1, na final do playoff da quinta divisão do futebol inglês, e garantiu o acesso para a Football League Two, a quarta divisão da Inglaterra, pela primeira vez em sua história.

O que torna esse feito mais interessante é a história do time: localizado em Nailsworth, um vilarejo no condado de Gloucestershire, na Inglaterra, é o “menor” time a participar da Football League na história – isso porque a população desse condado é de menos de 5700 mil habitantes segundo o último censo (2011).

Vilarejo de Nailsworth, na Inglaterra, é a casa do Forest Green

Clube ecológico

O Forest Green tem 128 anos de história – foi fundado em 1889 – e chega pela primeira vez à quarta divisão, mas esteve recentemente à beira da falência. Com uma situação financeira complicadíssima, o clube se aproximou do empresário Dale Vince, dono da empresa Ecotricity, uma companhia especializada na produção de energia verde – isto é, que não agride o meio ambiente, por ser produzida através da captação de vento.

 

Vince sempre foi conhecido por apoiar causas ambientais, e, em 2010, se tornou acionista majoritário do Forest Green. Aos poucos, foi implantando sua filosofia de vida e negócios voltada para o meio ambiente, e o Forest Green foi se adequando à identidade do novo dono: o clube rapidamente se tornou 100% vegano: alimentos de origem animal foram cortados do cardápio e nenhum produto do tipo é comercializado nas dependências do Forest Green.

A partir de 2011, o estádio do clube,  chamado The New Lawn, recebeu um gramado totalmente orgânico – cultivado com adubo natural. Depois, 25% da energia utilizada no estádio passou a ser obtida através de painéis solares que foram instalados. Dale Vince também desenvolveu projetos de captação de água da chuva para reaproveitamento interno.

O próximo passo, agora, é a construção de uma nova casa. No ano passado, Vince convidou grandes arquitetos e designers do mundo para participarem de um concurso e enviarem projetos para um “estádio ecológico”. O design vencedor, entre quase 50 concorrentes, foi um impressionante projeto da Zaha Hadid Architects, fundada pela arquiteta Zaha Hadid, considerada uma das maiores arquitetas de todos os tempos.

O projeto detalha um estádio com capacidade para 5 mil pessoas feito inteiramente em madeira:

 

Eu já sei qual vai ser o meu time no modo carreira do FIFA 18, e vocês?

Comentários

comentários