Equilíbrio marca as semifinais da Champions League após o sorteio

Felipe Altarugio   13/04/2018   Comentários desativados em Equilíbrio marca as semifinais da Champions League após o sorteio

Sorteio definiu as semifinais da Champions (Foto: Site Oficial da UEFA)

Liverpool x Roma vai ser um confronto muito interessante. Além do reencontro de Mohamed Salah com a Roma, seu ex-clube, o duelo promete ser muito equilibrado. A Roma pode não ser um ótimo time, mas é um bom time em ótima fase, e deve repetir o alto nível de concentração e intensidade que garantiu a sua classificação contra o poderoso Barcelona.

O time italiano certamente vai procurar explorar cada espaço que o Liverpool possa deixar no jogo de ida em Anfield para chegar com o melhor cenário possível no jogo de volta no Stadio Olimpico. As duas atuações da Roma contra o Barça – mesmo no jogo de ida, quando perdeu por 4 a 1, mostrou um bom futebol – credenciam o time a fazer um jogo duríssimo para os Reds.

Mesmo assim, ainda vejo o Liverpool com um ligeiro favoritismo. Único invicto na atual edição da Champions League, com o melhor ataque da competição, os Reds contam com uma arma que – especialmente contra a Roma – pode fazer a diferença a seu favor: a velocidade. O trio ofensivo do Liverpool formado por Mané, Salah e Firmino é muito rápido e intenso fisicamente durante todo o jogo. A defesa da Roma é bem postada, mas é formada por jogadores mais pesados que podem encontrar dificuldades em segurar as investidas do time de Jürgen Klopp.

No confronto entre Bayern de Munique e Real Madrid, o equilíbrio é bem grande. O Real está mais distante de ser o brilhante time que foi nos últimos títulos da Champions, mas tem Cristiano Ronaldo. É difícil não sofrer gol de Ronaldo. Neste mata-mata da Champions, o Real Madrid marcou 9 gols (5 contra o Paris Saint-Germain e 4 contra a Juventus). Desses 9 gols, 6 foram do Cristiano Ronaldo. Dos 3 gols restantes, dois tiveram assistências do português. Além disso, contra a Juventus, Ronaldo chegou à impressionante estatística de ter marcado pelo menos um gol nos últimos 11 jogos de Champions League que disputou. Ou seja, é muito difícil encarar o Real Madrid num jogo de Champions League e não sofrer gols de Cristiano Ronaldo.

O Bayern faz o primeiro jogo em casa, e tem um conjunto talvez até mais forte. Tem chances de vencer o jogo, mas se puder ganhar sem sofrer gols em sua arena é ainda melhor. Assim como no último título europeu do Bayern, em 2013, o técnico é Jupp Heynckes. E, assim como foi em 2013, já se sabe que ele não vai continuar no comando do time mesmo com um eventual título. Em 2013, foi campeão mas o Bayern já havia acertado com Guardiola. E hoje, antes do sorteio, o Bayern anunciou Niko Kovac como treinador para a próxima temporada.

Mais uma vez, a promessa de excelentes jogos na Champions, e ganhamos todos nós.

Comentários

comentários